Consultas Online



Enquete

Parcelamento deve incluir ou manter 600 mil no Simples
8 de Setembro, 2011

Proposta faz parte do Projeto de Lei Complementar 87/11, aprovado na Câmara nesta semana

Brasília - Cerca de 600 mil empresas de pequeno porte poderão ser incluídas no Simples Nacional ou permanecer nesse regime tributário diferenciado devido ao parcelamento do débito, a partir da validação pelo Senado do projeto de Lei Complementar (PLP) 87/11. Nesse total,  também estão outras empresas do mesmo segmento que poderão migrar em virtude da redução expressiva da alíquota incidente sobre o faturamento e viabilizada pela atualização das faixas de enquadramento. Essas mudanças foram aprovadas pela Câmara dos Deputados nesta semana, a partir do empenho da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa. A avaliação foi feita pelo diretor-técnico do Sebrae, Carlo Alberto dos Santos, ao analisar os efeitos da aprovação do projeto de lei que segue para debate no Senado. "Mais do que atualizar as faixas do Simples Nacional, a nova lei, depois da votação pelos senadores, se validada, representará um profundo aprimoramento na legislação atual, na medida em que o crescimento da economia se reflete nos pequenos negócios, via geração de emprego, que está sendo reconduzida pelo legislador", disse.Segundo Carlos Alberto, até então, muitas empresas estavam impedidas de crescer, temendo o fim do tratamento diferenciado proporcionado pelo Simples Nacional. Ele citou o exemplo das últimas cinco faixas, que vão de R$ 1,8 milhão até R$ 2,4 milhões, onde 30 mil empresas estavam represadas. "Agora, essas empresas serão fortemente incentivadas a crescer, enquanto outras pagarão alíquotas mais acessíveis", ponderou.O diretor-técnico do Sebrae está otimista com a tramitação do PL 87/11 no Senado, uma vez que as negociações vem sendo conduzidas pela Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, da qual participam 23 senadores.


Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9110/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

ACII e Goiás Fomento assinam convênios
6 de Setembro, 2011
O governador Marconi Perillo, o vice presidente da FACIEG – Federação das Associações Comerciais, Industriais   e Agropecuárias do Estado de Goiás e  presidente da ACII - Associação Comercial e Industrial de Itumbiara, Luciano Marques e o diretor Lauro Ferrão estiveram presentes juntamente com vários presidentes de Associações Comerciais do estado nessa quarta, dia 31, às 11hr no Auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, quando a Agência Goiás Fomento anunciou  novas opções para financiar as atividades do setor produtivo no Estado. A principal delas é a criação de uma linha destinada ao financiamento de antecipação de recebíveis, como cheques pré-datados, por exemplo. A modalidade  já vinha sendo estudada pela equipe técnica da instituição, que concluiu agora a formulação da linha, que começa a ser operada com limite de até R$ 200 mil e taxa de 1,69% ao mês. Outra modalidade que passa a receber tratamento mais diferenciado é o Empreendedor Individual. Em Goiás, a Agência Goiás Fomento foi pioneira nas operações com esta categoria, ampliando agora o limite de financiamento para R$ 20 mil por operação. A assinatura dos convênios torna possível instalar dentro das Associações Comercias um posto avançado da Agência Goiás Fomento. Em seu discurso o governador anunciou também o início das obras de reconstrução das rodovias e disse que consequiu baixar os custos da obra licitada em 23% em leilão eletrônico. Na foto abaixo presidente da ACII Luciano Marques, José Evaristo,representante do FECOMÉRCIO e diretor da ACII Lauro Ferrão. 

 
Presidente da ACII, Luciano Marques e presidente da Agência Goiás fomento, Luiz Faustino Maronezi.

Conecte seu Negócio
5 de Setembro, 2011
 Programa atrai mais de 33 mil empresas para a internet

Conecte seu Negócio, lançado pelo Google em parceria com Sebrae, HP e Yola, foi criado para facilitar o ingresso dos pequenos empreendimentos na rede mundial

 Brasília - O programa Conecte seu Negócio, lançado pelo Google em parceria com o Sebrae, HP e Yola em junho passado, já conta com mais de 33 mil cadastros de micro e pequenas empresas (MPE) interessadas em ingressar no universo online. Destes, quase 21 mil estão com seus sites criados e cerca de 6,6 mil já estão presentes na internet. A meta para o primeiro ano é possibilitar o ingresso de 100 mil empresas de micro e pequeno porte a rede. As primeiras 5 mil empresas cadastradas receberam gratuitamente o registro do domínio, e as demais ganharam um desconto na anuidade. Os parceiros do programa garantem a ferramenta para a criação do site (Yola) e a aquisição de equipamentos de informática com descontos significativos (HP). O Sebrae entra no processo fornecendo apoio técnico às empresas não apenas na formatação e lay out, mas também na definição das melhores estratégias de atuação na ampliação e definição de novos mercados. A instituição de apoio ao empreendedorismo também está capacitando pessoas em todos os estados e no Distrito Federal para auxiliarem os interessados em ingressar na rede mundial. Alexandre Lopes, gestor do programa Conecte seu Negócio no Sebrae, observa um grande interesse dos empresários pela internet. "Hoje já se sabe que a empresa que está off line tem grande dificuldade em ampliar seu mercado", anuncia Lopes. O técnico destaca que o papel do Sebrae vai além da construção do site. "É preciso que os empresários de pequenos negócios compreendam que a internet é uma forma de se colocar no mercado e estar conectado com o seu cliente, e para isso há a necessidade de conhecer a ferramenta e traçar estratégias de atuação na rede", indica.

Para mais informações, acesse o site do programa.

 Serviço
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9110/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

ACII e Itumbiara é 10
31 de Agosto, 2011


 ITUMBIARA COM 10

    Vai ficar na história do município a atitude que os vereadores da cidade Itumbiara, tomaram no dia de ontem 30/08/2011 em uma audiência pública realizada na Ulbra, onde foi discutido com a sociedade e entidades classistas a vontade dos vereadores e da comunidade em continuarem com  “10”cadeiras no legislativo de Itumbiara. De todos os  presentes a esta audiência, não houve nenhuma manifestação contrária a vontade de ter apenas “ 10 ”vereadores para o próximo pleito. Itumbiara com “ 10 ”, deverá servir de exemplo para muitos municípios que também não querem que aumente o número de vereadores em sua cidade e desejamos que os “ 10 ”candidatos eleitos em 2012 continue com este propósito  e sempre lutar e preservar o nosso município dando valor ao dinheiro público e designando a este dinheiro  um rumo certo como exemplo: moradia, saúde, educação e segurança. Itumbiara com “ 10 ”significa um futuro melhor da cidade e  podemos garantir que com o dinheiro que irá economizar , o prefeito Zé Gomes prestará contas e mostrará o que foi construído  com o dinheiro que voltará do Legislativo.
Parabéns a Câmara de Itumbiara , ao prefeito Zé Gomes e a todos que opinaram a esta iniciativa que projeta Itumbiara rumo 2050.
Desejamos sucesso aos “ 10 ” vereadores da futura Câmara e com “ 10 ” a nossa cidade continua sendo “ 10 ”em tudo que faz.

Fotos e texto: Tom Oliveira.



 

ACII presente em reunião na FACIEG
30 de Agosto, 2011


  

O vice presidente da FACIEG – Federação das Associações Comerciais, Industriais   e Agropecuárias do Estado de Goiás e  presidente da ACII - Associação Comercial e Industrial de Itumbiara, Luciano Marques e o diretor  Lauro Ferrão estiveram presentes na reunião ordinária da Federação em Goiânia nessa quarta feira dia 24.

A reunião teve a finalidade de apresentar aos associados um balanço dos serviços prestados nos meses de julho e agosto. O presidente da Federaçao Marcos Alberto dos Santos, apresentou  o superintendente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Lopes Peixoto que apresentou novos mix de mercado oferecidos pela instituição. Gilberto afirmou  que em todas as cidades onde existir a instituição e a Associação Comercial haverá o convênio para que a Associação seja um posto avançado da instituição; abrindo contas e oferecendo os serviços primários firmando assim uma parceria rentável para as Associações. Após a sua fala, Luciano e Lauro  falaram com o superintendente reivindicando mais uma agência para a cidade de Itumbiara. O superintendente se mostrou interessado, afirmando que existe um projeto nesse sentido e sugeriu que a ACII enderece essa reivindicação por escrito.

 O presidente da Agência Goiás Fomento, Luiz Antonio Faustino Maroneze  explicou que no comando desse banco de fomento fará uma administração voltada  às entidade de classe, principalmente em parceria com as Associações Comerciais. Na oportunidade convidou todos para  o ato de assinatura do convênio do banco Goiás Fomento com a FACIEG. O evento será realizado no auditório Mauro Borges no Palácio Pedro Ludovico em Goiânia no dia 31 de agosto, às 11:00hs.

Na ocasião  estaram  presentes  todos os presidentes de Associação Comercial do estado e o governador Marconi Perillo. Maroneze apresentou novos  produtos do banco Goiás Fomento, como  linhas de crédito para mototaxistas, taxistas, feirantes e empreendedor individual. Afirmou que em  breve estará apresentando as taxas de juros  que serão administradas. Garantiu que serão as menores do país.

O presidente da ACII aproveitou a oportunidade e convidou todos a participarem da Exposul 2011 que será realizada de 13 a 16 de outubro, no Centro de Convenções Dr. Celso Maeda.